Com tecnologia do Blogger.

Licença de Maternidade

Se há coisa que eu ainda não consegui compreender foi a licença de maternidade!!

Deveria ser um direito - indiscutível - a Mãe ficar com os seus bebés durante pelo menos 6 meses seguidos de forma completamente "gratuita". Mas, em Portugal, o estado só apoiai até aos 4 meses, deixando a mãe decidir aumentar ou não a sua licença sendo penalizada com 20% a 23%. 

Parece que é considerado um luxo a mãe ficar em casa 6 meses, mesmo quando a Organização Mundial de Saúde diz que é essencial o bebé ser amamentado até aos 6 meses de vida, sendo que o ideial seria até aos 2 anos de idade.

Compreende-se que até aos seis meses de idade a alimentação base de um bebé é leite.

Para quem decide amamentar ficar 6 meses em casa é o tempo mínimo que uma mãe pode esperar, porém iremos ter sempre a penalização de 20% a 23% sobre aquilo que é o nosso ordenado base, sendo que para as mulheres que recebem o ordenado mínimo, devem calcular que a penalização é bastante significativa. O que faz com que as mulheres pré-mamãs decidam ir trabalhar mais cedo e optar por deixar os seus filhos em instituições com apenas 4 meses.

Malta! Pensem, com 4 meses o bebé ainda devia de estar na asa da mãe.

Para todos aqueles que pensam que a Licença de Maternidade são férias de luxo desenganem-se! Imaginem uma mudança de 380º na vossa vida, que agora têm um ser dependente de vocês e que toda a vossa logistica irá mudar a partir do momento em que o bebé nasce. Tem que haver um tempo de adaptação para sermos mães e um tempo de adaptação para sermos nós mesmas e conseguirmos voltar a conciliar tudo aquilo que tínhamos antes mas agora com um novo membro na família que precisa de imensa dedicação. 

Deveria ser considerado todos os factores, roubar este tempo à mãe e ao bebé veria ser posto em causa, estão a tirar o porto seguro ao bebé fazendo com que o trabalho e o dinheiro valha mais do que a proteção e a educação de uma criança. 

Falo disto, porque me dói, porque acho injusto. Fui trabalhar e a minha filha nem 5 meses tinha. Hoje ela está num berçário. Está bem, está feliz, sei que ela está acompanhada com as melhores pessoas, a fazer amigos. Mas mesmo assim dói. Dói saber que ela é muito pequenina e que ainda precisava muito da mãe. 

Qual é a vossa opinião?

NYC


Ainda sobre a minha viajem a NYC

Como Evitar Estrias | Gravidez


Estes cremes não se aplicam só a grávidas, antes de engravidar já usava dois deles, mas quis reforçar a minha rotina com mais um hidratante. A pesar de serem muito específicos para a utilização na gestação, partilho com vocês os meus produtos de eleição.

Pele hidratada é sinónimo de - prevenção de estrias - e estes cremes são na verdade indicados para todos os tipos de pele, sejam mulheres grávidas ou não grávidas. 

Estou de 9 meses e não tenho uma única estria. Sinto a minha pele super hidratada e com bastante elasticidade. Mas para que tudo corra bem é necessário aplicarmos uma rotina à nossa pele, sermos coerentes com aplicação do creme ou óleo é fundamental. A verdade é que as estrias tem muito que se lhe diga, não vou aprofundar muito esse tema mas partilho com vocês os cremes que são muito bons para a prevenção das mesmas. 

 Rotina de Pele 

 Manhã  - Aplico o Creme Gordo, optei por dar uma oportunidade à marca Wells visto que o preço é bastante mais em conta, e confesso que é um creme muito parecido com o da Barral. Sinto a pele hidratada desde o momento que aplico o creme. Tenho este creme sempre comigo na mala para aplicar sempre que sinto necessidade. Claro que nesta fase de futura mamã, aplico o creme nas zonas mais "criticas" barriga, costas, coxas e peito.

 Noite  - Após cada banho, hidrato sempre a minha pele com Bio-Oil, foi um grande investimento, pois não sabia bem se iria resultar e se o preço iria compensar, mas posso dizer que compensa imenso. Tenho sentido muita diferença na minha pele. É um óleo super completo e super bom para quem está à espera de bebe ou para quem tem problemas de pele. Um pouco mais sobre ele, é que previne estrias, cicatriza marcas de estrias ou outras, previne manchas na pele e previne o envelhecimento dando-lhe elasticidade. Este óleo tem uma particularidade, pois não é um óleo peganhento nem desconfortável para vestir roupa por cima. 

Ainda à noite, antes de dormir, passo Óleo de Amêndoas Doces pelo meu corpo todo, aquecendo-o nas mãos e espalhando uniformemente. Quem não gosta da sensação peganhenta de facto não vão gostar deste óleo mas se as vossas necessidades falarem mais alto estas são as melhores opções.




Estes são os óleos e o creme que estou a utilizar de momento durante a minha gravidez. Mas não se esqueçam que o verão já chegou e uma pele hidratante é meio caminho andando para um bronzeado top!


 E vocês já conheciam? 

Compra aqui: Bio-Oli skin.pt | Óleo de Amêndoas Doces - Super Mercado ou em Skin.pt | Creme Gordo - Wells ou Barral em Skin.pt