tag . M Y L I F E

Se não fazem ideia de como tudo isto se processa, a nível de exames nacionais e universidades, não se sintam sós ! Eu também não percebia patavina disto até me ir informar ! As minhas maiores dúvidas que colocava eram "Não tenho exames nacionais feitos, e agora?!", "Será que posso entrar na universidade sem exames nacionais?!", "Como procurar uma universidade?!", "Quanto se paga?!", entre outras centenas de perguntas das quais não tinha resposta e deixei o tempo passar até que decidi colocar um ponto final e ir à procura de tudo para voltar a começar a estudar!

Decidi partilhar com vocês todas as questões que tinha sobre esta temática, para que aqueles que desconhecem certas coisas, como eu, passarem a saber. Eu sou um zero nestas coisas, a sério que não percebo muito disto, acho bastante confuso certas coisas, mas acho que já estou apta a partilhar com vocês algumas informações.

Antes de mais, eu tirei o meu 12º ano numa escola profissional, pois achava que poderia trabalhar na área que estudei assim que terminasse o 12º (wrong!!!) não foi assim tão fácil, como tive numa escola profissional não realizei os exames nacionais, porque achava que não me faziam falta nenhuma (wrong!!!) acabei por sair do 12º ano e comecei a trabalhar, não na minha área, entretanto já passaram 2 anos e eu estou completamente farta de estar atrás de um balcão todos os meus santos dias aturar todo o tipo de pessoas! Quero melhor para mim, quer voltar a estudar !! 

Passado 2 anos sem estudar, finalmente ganhei coragem para me inscrever nos exames nacionais para puder entrar na universidade. Mas está acontecer uma coisa péssima! Passaram 2 anos, não é assim tanto tempo, achei eu, e assim que peguei num livro nem sabia por onde começar! Sim! Vocês não têm a noção as coisas que se perdem em 2 anos. Fiquei super desmotivada ao ponto de querer desistir!

Mas... consegui arranjar um método de estudo, e continuei os meus estudos. Estudar e trabalhar ao mesmo tempo também não seria fácil, mas também não é impossível! Sim amanhã (17) vou a exame de Português, inscrevi-me no exame de português e de geografia, para puder ingressar em qualquer curso com uma hipótese elevada de escolha.

Imaginem a minha cara de parva quando me disseram que podia entrar na universidade sem exame! Essa oportunidade poderá ser dada a quem não tem as condições necessárias de ingresso, e dá a possibilidade dos alunos poderem frequentar um ano de licenciatura (sem estarem a perder mais um ano a espera dos exames) e no ano letivo a seguir têm novamente oportunidade de fazer o exame nacional. + info Os alunos que entrem neste regime de "alunos externos" tem exatamente as mesmas condições que um aluno normal, podendo frequentar 1 ano de licenciatura a 100%.
Isto é bom pois pessoas como eu, que preferiram trabalhar a estudar ou quem teve numa escola profissional pode se candidatar a uma universidade de uma maneira muito fácil, basta querer! 

Depois de saber isto tudo escolhi as universidades mediante os cursos que tinham. Fiz uma pesquisa bastante exaustiva na internet de universidades em Lisboa, que tivessem os cursos que realmente me interessavam. Fiz conta com o meio de transporte, o local, feedback, os valores mensais, condições, se eram universidades privadas ou não.
Acabei por selecionar duas. 

UNIVERSIDADE EUROPEIA & UNIVERSIDADE LUSÓFONA 

Dirigi-me a essas duas universidades e adorei! Sobre a Europeia achei um atendimento fantástico com condições muito boas, uma escola não gigantesca, pelo que percebi, e muito bem situada. porém só existe um se não. O facto de apenas ter um curso que me interessa, que é marketing, publicidade e relações públicas. Depois a Lusófona, é algo com uma dimensão maior, e não sei como são as condições dentro das salas porque não visitei, mas é a uni. que tem imensos cursos, nomeadamente coisas que me interessam muito.

Depois de analisar estas duas universidades, e depois de esclarecer todas as dúvidas, falta agora completar os exames nacionais, a ver se passo para ficar já despachada, e puder ingressar na faculdade, depois dos exames tenho que analisar bem o mercado de trabalho e ver o curso que será mais vantajoso para o meu futuro. 

- Queria falar mais sobre este assunto com vocês, mas já é bastante tarde, e o post está a ficar bastante longo, Amanhã tenho exame e ainda vou dar uma vista de olhos na gramática. Por isso fica aqui assim por alto a minha experiência. Se me lembrar mais de alguma coisa que seja importante faço um segundo post! 
Espero que esteja ajudado a alguém que esteja indeciso ou se quiserem colocar alguma questão estejam à vontade! A baixo estão algumas fotografias dos catalogos que tirei com os vários tipos de cursos tanto na Lusófona como na Europeia. 




15 comentários :

  1. Eu tive num caso semelhante ao teu, fiz o meu 12º ano através de um curso profissional e depois para ingressar numa faculdade foi uma luta... fiz o exame que me dava acesso ao curso que queria (matemática A) mas sem sucesso. Passei 1 ano inteiro numa escola secundaria como aluno externo a "estudar" matemática para ingressar no ano seguinte e mais uma vez não consegui. Passaram 2 anos e nada.. fiz o que tu fizeste, informei-me de tudo e o facto de seres "Aluno Externo" numa faculdade é vantajoso mas também tem um senão.. se não fazes o exame necessário e X tempo (não sei uma data especifica) não poderás continuar (imagina do 3 para 4 ano da faculdade, uma coisa assim)
    E informo-te ainda mais (espero ajudar também) existem cursos CET (um curso a cima do grau do 12º ano e inferior ao de uma Licenciatura) em que tens um ano com algumas disciplinas de uma licenciatura com a possibilidade de ingressão directa a esse curso dependendo da tua media final (entras na faculdade em época especial)

    Peço desculpa pelo testamento e BOA SORTE!
    Beijinhos, Rodrigo | OOTD

    ResponderEliminar
  2. Tirei o meu curso de Ciências da Comunicação e da Cultura na Lusófona e não tenho grandes razões de queixa. Tirando um ou outro incompetente, os professores são excelentes. Em termos das salas, têm boas condições mas depende muito do curso e dimensão da turma. Apesar de ter várias cadeiras de informática e edição de imagem/vídeo, nunca tive aulas nas salas com Mac's, ficávamos sempre com os computadores velhos. O problema mais grave é mesmo a falta de organização interna. Infelizmente o meu coordenador de curso estava mais preocupado com almoçaradas do que a fazer o seu trabalho portanto, depois de dois meses de aulas ainda faziam alterações nos horários. Enfim, é um bom local de ensino apesar de alguns problemas que existem em praticamente todas as Universidades.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  3. Tenho uma amiga minha que está a pensar ir para a lusófona, para o curso de comunicação aplicada: marketing, publicidade e relações públicas :)

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17.6.15

    Ola...No meu caso tambem aconteceu isso...fiquei um ano sem estudar e fui trabalhar...inscrevi-me para os mesmos exames nacionais que tu mas por causa do trabalho tive pouquisimo tempo para estudar visto que na semana que antecedeu aos exames trabalhei 7 dias por semana 12 horas por dia....Caso consiga obter um resultado positivo nos exames tambem me tentarei candidatar-me mas ainda nao sei em que...

    ResponderEliminar
  5. Fizeste muito bem em voltar a estudar, "saber nunca é demais"! Apesar, de a maioria dos jovens se inscrever cada vez menos na universidade porque querem ir trabalhar ou por falta de posses ou outros motivos :/
    Espero que te tenha corrido bem o exame! :p
    beijinhos , http://living-with-class.blogspot.pt/ *

    ResponderEliminar
  6. Não fazia a mínima que se podia entrar sem os exames :o

    ResponderEliminar
  7. Espero que tenha corrido bem, minha querida!
    Em relação ao curso, escolhe aquele onde sentes que estarás realizada

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  8. Espero que te tenha corrido bem e continuação de boa sorte! ♥

    ResponderEliminar
  9. Existem mil e uma formas de entrar na universidade. Em relação aos alunos externos, há faculdades que não aceitam que o aluno frequente as aulas todas, tendo que deixar x créditos para trás, mas ainda assim é melhor do que ficar parada. Em relação à lusofona, se fosse a ti pensava duas vezes. Para começar a fama da lusofona não é a melhor, depois é uma universidade bastante cara e nem sempre a qualidade dos professores é a melhor. Conheço bastante gente que lá andou e estão arrependidos. Tens melhores faculdades, provavelmente mais baratas, com melhor fama e que seriam muito melhores para o teu futuro. :)

    ResponderEliminar
  10. r: Faz mesmo!
    É isso, assim depois podes decidir melhor :)

    Beijinhos, minha querida*

    ResponderEliminar
  11. Também tenho de me começar a preocupar com isso mas acho tão desmotivante..

    ResponderEliminar
  12. Muito obrigado, querida! Fico super feliz por teres participado!

    Sei bem o dilema que é esta escolha. O que te posso aconselhar é seguires os teus sonhos para, mais tarde, te sentires realizada. Não olhes a estatísticas de cursos que levam maior parte das pessoas ao desemprego... ou vice-versa. Procura fazer o que te faz feliz. Só isso :)

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  13. Boa sorte para o futuro...e acima de tudo escolhe um curso de que gostes...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. Olá! :) Não sei se já conheces mas estou a divulgar os meus serviços de Design de Blogs e por isso envio-te este email!
    Tal como tu, tenho um blog chamado The Zero Element e sei o que é querer um blog bonito e ao nosso gosto. Por isso decidi ajudar outras bloggers a modificar os seus blogs. No meu blog encontras todas as informações acerca dos meus serviços mas envio-te ainda, de uma forma geral, aquilo que faço: design de blog, design de logótipos, design de redes sociais (facebook, youtube), consultoria de blog (serviço gratuito)... Se ficaste interessada e queres saber preços, volta a contactar-me e ficaria muito contente em discutir contigo o projecto que tens em mente. Caso contrário, dá apenas uma olhadela pelo TZE pois tenho publicações acerca de design, música, televisão, lifestyle, etc

    Obrigada,
    Mafalda Oliveira
    http://thezeroelement.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Uma colega minha também é aluna externa, e confesso que o é à 3 anos pois ainda não conseguiu fazer o exame de matemática, seja como for, vai fazendo algumas cadeiras até ter o exame nacional feito. Também só descobri isso depois de ter ingressado na faculdade, porque fiquei literalmente um ano para o voltar a fazer, ou seja, um ano de férias quando podia já estar na faculdade xD
    Se quisesses alguma informação da minha faculdade ajudava-te mas pelo que vejo dos teus panfletos não deve ser da tua área.
    xoxo
    BLOG // FB PAGE

    ResponderEliminar